Este ano o edital foi elaborado conforme as diretrizes do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda), ampliando as possibilidades de inscrição para propostas voltadas ao atendimento e acolhimento direto; elaboração de diagnóstico, sistema de monitoramento e avaliação de políticas públicas; capacitação e formação profissional; campanhas educativas; e mobilização social e articulação para a defesa dos direitos.

Cada CMDCA pode inscrever apenas um projeto, que já exista, ou que pretende iniciar, fundamentado nos diagnósticos locais e que seja executado por organizações da sociedade civil ou organizações governamentais. Os valores disponibilizados aos FIAs são provenientes da destinação de 1% do imposto de renda devido das empresas do Conglomerado Itaú Unibanco Holding S.A. O anúncio dos projetos selecionados está previsto para dezembro.

Clique aqui para submeter inscrição de propostas.

Está disponível o edital de apoio aos Fundos da Infância e Adolescência 2017
Tags:                 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *